Novidades:

1076 Visualizações

4ª Revolução Industrial


No Fórum Econômico Mundial, realizado em janeiro de 2016, em Davos, na Suíça, procurou-se debater o futuro da economia e dos negócios no mundo todo e um tema que recebeu uma grande atenção foi a enorme revolução ocorrida no perfil das profissões nos últimos anos e o que esperar do futuro do trabalho nas próximas décadas.

O Fórum produziu um relatório denominado The Future of Jobs and Skills (em tradução livre, O Futuro do Trabalho e das Habilidades), no qual estão descritos os motores das transformações do ambiente de trabalho nos próximos anos, todos atrelados ao conceito de Indústria 4.0 (que significa o passo seguinte da automação industrial e refere-se a novo processo de decisão sobre produzir qualquer coisa): inteligência artificial (IA), robótica, Internet das coisas, nanotecnologia, big data, impressão 3D (três dimensões) entre outros.

Assim, na Indústria 4.0, ou seja, nessa 4ª Revolução Industrial, a máquina, que antes esperava comando humano para trabalhar, agora pode se conectar sozinha com outras máquinas e “conversa” até com o consumidor final do seu produto (Internet das coisas aparece aqui), tudo via Web.

Não é por acaso que nos próximos anos as áreas de Computação e Matemática e funções ligadas à Engenharia e Arquitetura serão as que mais atrairão gente para se capacitarem nas mesmas. Por outro lado, atividades burocráticas de apoio à gestão e trabalho operacional em chão de fábrica tendem a ser as mais afetadas pelas inovações em curso com relação aos postos de trabalho!!!

Dois tipos de trabalho se destacaram como muito demandados. O primeiro são os analistas de dados, ou seja, aqueles que souberem enxergar as tendências a partir de grandes quantidades de dados (big data) com a chegada da digitalização ao ambiente de trabalho. Em segundo lugar são os representantes de vendas especializados. Como as empresas também estarão com ofertas de produtos e serviços cada vez mais especializadas, seus profissionais de vendas terão de se preparar bem para explicar a nova natureza técnica ou inovadora dos próprios produtos.

O conceito de Indústria 4.0, sem dúvida, é um novo modelo no qual se fundem os mundos real e virtual. Ele está baseado no uso intenso da digitalização e da robotização de processos industriais, aumentando a produtividade e agregando mais valor aos produtos finais.

Os principais pilares da Indústria 4.0 são a integração horizontal entre redes de valor, a integração vertical e a integração perfeita da engenharia em toda a cadeia de valor. A Indústria 4.0 utiliza recursos virtuais desde o design até o serviço, passando pela engenharia e pela produção, eliminando, inclusive, a necessidade de protótipos e, com isso, acelerando o processo de desenvolvimento.

Além da redução do tempo de desenvolvimento, a aplicação do conceito também facilita a customização – com o uso de sensores e chips RFID (para identificação via radiofrequência), as máquinas da linha de produção podem ler as especificações de cada produto e conversar entre si, alterando partes do processo. Com isso, a nova indústria opera conectada a uma rede dinâmica de produção, interligada por sistemas inteligentes que integram e complementam as atividades.
Esse novo modelo também tem a vantagem de atender a ciclos de inovação mais curtos e de aumentar a produtividade, respondendo às exigências de mais eficiência no uso de energia e outros recursos.

A Indústria 4.0 impõe agora pensar nessas novas competências e habilidades ensinadas nas faculdades e aprimoradas nas empresas de outra forma bem diferente. Por isso, reprogramar o formato vigente de gestão de pessoas já está se tornando obrigatório. Fazer de conta que a mudança não existe é inútil e ineficaz, e isso hoje em qualquer país do mundo e em qualquer nível hierárquico dentro de uma organização!!!

Publicado recentemente

»

As coisas incríveis que só se pode comer e beber no Brasil

Você já comeu algo que utiliza farinha de Bragança na receita?Já ...

»

Em muitos museus do mundo homenageou-se Leonardo da Vinci!!!

No dia 2 de maio de 1.519 morreu Leonardo di Ser Piero da Vinci, ou ...

»

A Inteligência Artificial está em vias de superar a Inteligência Humana

Vivemos numa época em que é cada vez mais importante entender a ...

»

Coach da Gratidão Financeira

A psicóloga Marcia Luz é mestre em Engenharia de Produção e ...

»

A Lego fará suas peças com materiais sustentáveis

É no centro da cidade de Billund, na Dinamarca, que está localizado ...

»

O combate a fake news e a publicidade fake

Em 9 de agosto de 2018 o advogado e jornalista João Luiz Faria Netto ...

»

O retorno ao boom dos cruzeiros no Brasil

Tudo indica que os brasileiros terão uma ótima opção de turismo ...

»

Na China, o governo tem uma posição contraria aos jogos on-line!?!?

O governo chinês tem procurado controlar muita coisa que é ...

»

Os negócios do chef Jamie Oliver em declínio!?!?

Há quem aponte que a brilhante carreira do chef inglês Jamie Oliver ...