mswindows.org cheap office-professional-plus-2016 key parajumpers sale www.troilus.es anneshealinghands.nl canada goose jas parajumpers outlet

Novidades:

TIAGO QUEIROZ/ESTADÃO CONTEÚDO
866 Visualizações

A maior performer do mundo: Marina Abramovic


Em 10 de março de 2015, começou, no Sesc Pompeia, em São Paulo, uma mostra da artista Marina Abramovic, considerada o maior nome da performance no planeta. Ela terá, em dois meses, todas as ferramentas para doutrinar artistas performáticos e arregimentar um novo contingente de fãs com o seu famoso “método Abramovic”.

Desde os anos 1970, Marina Abramovic vem revolucionando a linguagem de uma arte feita ao vivo, em frente ao público, valendo-se – e às vezes quase destruindo – o próprio corpo. Em quatro décadas de carreira, ela abandonou o underground de ações viscerais, como aquela em que deixava facas e revólveres à disposição do público para que usassem nela, como quisessem.

FERNANDO ZAMORA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Créditos: Fernando Zamora / Futura Press / Estadão Conteúdo

Dessa forma, ela conquistou o posto de maior celebridade que a performance já viu, entrando para um círculo de amizades que vai de Lady Gaga a Jay Z.

Em sessões abertas ao público, ela ensinou, entre outras coisas, como ficar em silêncio absoluto, a não morrer de fome em jejuns que duram dias e a entrar em comunhão com a natureza, ou seja, suas táticas quase militares para aprender a estar presente num grau de “consciência mais elevado”.

Explicou Marina Abramovic: “É preciso entender que o corpo é uma máquina. Por seu turno, a disciplina é necessária para executar corretamente as tarefas de uma performance. É uma questão de conexão entre mente e corpo para a criação de um espaço carismático”.

O livro Quando Marina Abramovic Morrer, uma biografia da artista escrita por James Westcott, conta: “Marina Abramovic sempre abala o espaço físico com sua presença, como fez em Nova York há mais de uma década, quando morou numa galeria por duas semanas, fazendo tudo à vista do público num apartamento cenográfico. Foi algo magnético. Era como ver um bicho no zoológico, só que com mais empatia.”

Sem dúvida, Marina Abramovic já atraiu muita gente para a sua mostra e suas atividades. Agora ela prepara também um filme em que interpretará uma cantora lírica assassinada sete vezes de formas distintas.

Comentou Marina Abramovic: “Alguns vão me criticar dizendo que quero ser estrela de Hollywood, mas só quero deixar tudo ensaiado para o meu funeral. A morte é o último grande ato de um artista.” Em outra ocasião, ela destacou: “Vivemos num estado de sonho, ignorando os outros. Nunca olhamos ninguém nos olhos de verdade. Procurei derrubar essas barreiras. Se você olhar nos olhos de alguém, terá respostas a todas as suas perguntas!”

Conteúdo produzido pela redação da revista Criática.

Publicado recentemente

»

Os motivos e as razões porque devemos rir!

Você sabe que basta ouvir uma gargalhada gostosa para que alguém ...

»

As invenções e as inovações estão alterando cada vez mais a vida das pessoas

Inicialmente é preciso entender que inovação é a invenção que ...

»

Avanços e retrocessos no mundo dos brinquedos

É lamentável, mas no final de agosto de 2017 a Lego anunciou um ...

»

Falta boa arquitetura em nossas cidades

O Brasil deve se orgulhar de ter entre os integrantes do júri do ...

»

Uma nova era na Economia Criativa no Brasil!

Inicialmente, deve-se destacar que finalmente temos alguém no mais ...

queijo artesanal
»

O Caminho do Queijo Artesanal Paulista

Chegou a hora de mesclar artesanato e gastronomia, em especial depois ...

»

Aos poucos o videogame está se tornando um esporte

De acordo com a Newzoc, uma das principais empresas de pesquisas ...

Mars
»

MaRS – O apoio à inteligência artificial (IA) no Canadá

Muito antes de o Google começar a pesquisar e trabalhar com carros ...

A verdade e a estatística
»

A verdade e a estatística

Ao longo de algumas décadas fui professor de Estatística em várias ...