mswindows.org cheap office-professional-plus-2016 key parajumpers sale www.troilus.es anneshealinghands.nl canada goose jas parajumpers outlet

Novidades:

1444 Visualizações

A publicidade digital está crescendo nos smartphones


À medida que os smartphones se tornaram cada vez mais comuns no Brasil, novas possibilidades de uso dos celulares para as pessoas e as empresas são criadas.

O proprietário de um smartphone pode atualizar-se lendo as últimas notícias sobre fatos importantes no Brasil e no mundo, consultar a previsão do tempo em algum lugar para o qual vai viajar daqui a dois dias, achar o restaurante mais próximo com boa comida italiana, o melhor caminho no trânsito através do uso de um aplicativo e dispõe de mais uma grande variedade de outras “utilidades”.

Atentas a todas essas “vantagens” que um usuário de um smartphone tem à sua disposição, as empresas estão investindo cada vez mais para divulgar suas marcas em campanhas mobile, incrementando a receita dos veículos que oferecem conteúdo ou serviço no celular.

De acordo com a empresa de consultoria eMarketer, o investimento em anúncios nos celulares e tablets no Brasil chegou a R$ 760 milhões em 2014, quase quatro vezes o valor gasto em 2013. A publicidade mobile representou algo próximo de 9,4% dos gastos com marketing digital, mas a previsão é que até 2018 a fatia das campanhas em dispositivos móveis chegue a 60%!

João Carvalho, diretor geral da Hands Mobile e presidente do comitê de mobile do Interactive Advertising Bureau (IAB Brasil), explicou: “O celular é um meio atraente para os anunciantes, porque está com o consumidor 24h por dia, sete dias por semana”. O celular ainda traz mais opções para as agências de propaganda segmentarem melhor o público que receberá as campanhas que a Internet fixa.

Um exemplo típico é o que fez a Reckitt Benckiser, que neste verão, pelo terceiro ano consecutivo, fez uma campanha no celular para o inseticida SBP voltada a um público bem específico: mulheres, mães, que estivessem no litoral ou em cidades no interior de São Paulo com alta incidência de mosquitos (com todas essas alarmantes notícias sobre o aumento de pessoas com dengue…) e também nas estradas que levam ao litoral. Assim, o banner da SBP foi divulgado nos diversos aplicativos ou sites acessados pelo celular por essas pessoas.

Para distribuir o anúncio às pessoas certas, a agência Adsmovil cruzou dados das operadoras de telefonia, dos perfis de navegação na Web, das redes sociais com informações geradas por diversos aplicativos – como localização e interesses específicos. E assim esse marketing foi muito bem direcionado e obviamente o inseticida SBP notou que houve um crescimento nas suas vendas em relação ao trimestre anterior…

Publicado recentemente

»

A Inteligência Artificial está em vias de superar a Inteligência Humana

Vivemos numa época em que é cada vez mais importante entender a ...

»

Coach da Gratidão Financeira

A psicóloga Marcia Luz é mestre em Engenharia de Produção e ...

»

A Lego fará suas peças com materiais sustentáveis

É no centro da cidade de Billund, na Dinamarca, que está localizado ...

»

O combate a fake news e a publicidade fake

Em 9 de agosto de 2018 o advogado e jornalista João Luiz Faria Netto ...

»

O retorno ao boom dos cruzeiros no Brasil

Tudo indica que os brasileiros terão uma ótima opção de turismo ...

»

Na China, o governo tem uma posição contraria aos jogos on-line!?!?

O governo chinês tem procurado controlar muita coisa que é ...

»

Os negócios do chef Jamie Oliver em declínio!?!?

Há quem aponte que a brilhante carreira do chef inglês Jamie Oliver ...

»

Será que toda cidade criativa é também uma cidade inteligente?

Há apenas poucas décadas, a mera tentativa de dotar um núcleo ...

»

Tendências da moda indicadas com o auxílio da inteligência artificial

No famoso filme O Diabo Veste Prada, a personagem Miranda Priestly ...