mswindows.org cheap office-professional-plus-2016 key parajumpers sale www.troilus.es anneshealinghands.nl canada goose jas parajumpers outlet

Novidades:

665 Visualizações

Clube Paladar: O novo negócio do grupo Estado


No dia 29 de março de 2017, o grupo Estado  lançou o seu Clube Paladar, um e-commerce focado no mercado da alta gastronomia.

O projeto começou com a venda de vinhos na loja virtual e por assinatura mensal, mas em breve se estenderá para outros itens, como queijos e cachaças.

Esse tipo de negócio já existe em outros países, como é o caso dos Estados Unidos da América, onde o jornal The New York Times tem o seu clube do vinho desde 2009!!!

Em 2016, esse jornal norte-americano passou a comercializar também ingredientes das receitas que são apresentadas em seu portal gastronômico, o NYT Cooking.

Inicialmente, o grupo Estado pretende mesclar o conteúdo do suplemento Paladar com a oferta de vinhos exclusivos.

O diretor comercial do grupo Estado, Flavio Pestana, explicou:

“O Clube Paladar converge com a linha dos novos projetos da nossa organização. Temos procurado desenvolver negócios que possam ser agregados a nossos ativos – marca, credibilidade, conteúdo e audiência. O vinho foi escolhido para ser o primeiro produto do e-commerce por causa do crescimento consistente do seu mercado no Brasil e pelo fato da Grand Cru ser nosso sócia nesse no projeto, com o que estamos aptos e temos as ferramentas para construir uma curadoria consistente para os assinantes do clube.”

Por sua vez, o presidente da Grand Cru, Luciano Kleiman, declarou:

“Ter-se-á nesse clube paladar uma combinação única da seleção dos melhores vinhos do mundo, oferecidos pela Grand Cru, com a maior referência gastronômica editorial do Brasil, que é o suplemento Paladar.”

Flavio Pestana e Luciano Kleiman

Flavio Pestana, diretor comercial do grupo Estado à esquerda, e Luciano Kleiman, presidente da Grand Cru

Por seu turno, a diretora do Clube Paladar, Mariana Castriota, complementou:

“A ideia desse projeto não é somente vender os vinhos, mas também suprir a falta de informação sobre os produtos. O que tem afastado as pessoas do consumo é a falta de conhecimento. Muitos consumidores não sabem qual vinho comprar para acompanhar uma comida ou qual corresponde melhor ao seu paladar. O consumidor que optar pela assinatura do Clube Paladar receberá mensalmente dois rótulos em casa. Os vinhos serão selecionados por alguns dos principais sommeliers do País e haverá três tipos de assinatura, cujos preços são respectivamente R$ 100, R$ 200 e R$ 300 para receber duas garrafas por mês, dependendo da origem e da sofisticação de cada produto. Em todos os casos, a ideia será desenvolver a capacidade do assinante de apreciar o vinho. Por isso, os rótulos enviados mensalmente serão sempre de tipos de uva e de regiões diferentes. Nunca serão dois da Europa ou dois Malbec da Argentina. Será, por exemplo, um Merlot e um Cabernet Sauvignon. A nossa intenção é levar experiência e ampliar o conhecimento do tomador de vinho.”

Excelente proposta do Clube Paladar e, quem sabe, isso ajude a subir o consumo de vinho no País, pois o brasileiro, em média, bebe só 1,7 litro de vinho por ano, enquanto o uruguaio consome 29,2 litros por ano e o argentino, 23,5 litros por ano

O Vaticano é o lugar onde se tem o maior consumo de vinho per capita, com 54,3 litros, seguido por Andorra, com 46,3 litros, e a Croácia, com 44,2 litros. Considerando somente os países com mais de 10 milhões de habitantes, França e Portugal lideram, com 42,5 litros e 41,7 litros, respectivamente.

Como se nota, o Brasil tem um largo caminho a percorrer para se tornar um País no qual se saiba beber vinho, considerando uma quantidade razoável, pois isso faz bem para a saúde!!!

Visite: www.clubepaladar.com.br

Clube Paladar

Conteúdo produzido pela redação da revista Criática.

Publicado recentemente

»

Tendências da moda indicadas com o auxílio da inteligência artificial

No famoso filme O Diabo Veste Prada, a personagem Miranda Priestly ...

Livros - Direitos autorais
»

Não contem com o fim do livro!

Não Contem com o Fim do Livro é o titulo de uma obra escrita pelo ...

»

Os e-sports podem um dia ser incluídos nos Jogos Olímpicos?

Temos hoje muitos campeonatos de games, como os de Counter Strike (de ...

»

A Lego tem agora uma “casa de brinquedo”

O parque temático Legoland, que é o carro-chefe do grupo Lego, ...

»

Turistas desejam vivenciar experiências cada vez mais inusitadas

Inicialmente, deve-se destacar que o turismo-indústria representa ...

»

Disney compra Fox para enfrentar a Netflix e a Amazon

No final de 2017, a Walt Disney & Co adquiriu o conglomerado 21st ...

»

Cidades Paulistas Inspiradoras – O Desenvolvimento Estimulado Pela Economia Criativa

A DVS Editora acaba de lançar os livros “Cidades Paulistas ...

»

Dear Basketball – o curta-metragem que deu um Oscar a Kobe Bryant

Kobe Bryant, que recentemente se aposentou, resolveu fazer um filme ...

»

Tudo indica que os filmes humorísticos brasileiros não atraem grandes públicos

Diversas pesquisas indicam que cerca de 85% dos homens adultos adoram ...