mswindows.org cheap office-professional-plus-2016 key parajumpers sale www.troilus.es anneshealinghands.nl canada goose jas parajumpers outlet

Novidades:

278 Visualizações

Empresas espiritualizadas – amor e propósito na transformação do mundo corporativo


A DVS Editora lançou no final de 2017 o livro do publicitário Pedro Ivo Moraes, cujo título é Empresas Espiritualizadas, focado em descrever e analisar a importância do amor e do propósito na transformação do mundo corporativo.

E, neste sentido, o autor busca responder à seguinte questão: quais são os ingredientes para se ter uma empresa espiritualizada?

Propósito

O primeiro elemento nessa busca é o propósito, ou seja, um grande desejo de realizar algo!!! Propósitos geralmente nascem junto com a ideia de criação de uma empresa. Em companhias com propósitos declarados, é muito mais simples manter os funcionários engajados em suas funções. Propósito sempre está relacionado com o sonho que um indivíduo deseja perseguir…

Flow

O segundo elemento da empresa espiritualizada é saber fluir (ou manter o flow, como se diz em inglês). Isso quer dizer que uma companhia jamais pode ficar parada. Todavia, aprender a fluir não é uma tarefa fácil e, para consegui-lo é preciso estar conectado com aquilo que a empresa quer oferecer ao mundo, ou seja, ao seu propósito – que é o sentido de própria existência da empresa. Sem dúvida, o flow é muito importante para as pessoas que trabalham numa companhia, pois, impreterivelmente, ele as deixa mais felizes.

Para o psicólogo húngaro Mihaly Csikzentmihalyi, que durante bastante tempo foi um pesquisador da Universidade de Chicago, nos EUA, e estudou a fundo o processo de flow, sua importância está no fato de que ele leva as pessoas a praticarem atividades relacionadas a suas paixões e geralmente nas quais elas possuem talento natural.

O flow faz com que, para esses indivíduos, o tempo pareça ter congelado (!?!?).

Uma terceira característica da empresa espiritualizada é o fato de que nela se percebe que os seus empregados têm fé. A fé é um conceito bem subjetivo, mas é por meio dela é que se estabelece uma relação direta com alguma coisa. No caso de uma empresa, essa relação direta se estabelece com o propósito ou o motivo de sua existência. Onde há fé prevalece uma afeição positiva e uma confiança inabalável, resultante de uma sensação de tranquilidade, que, por sua vez, leva a um flow natural. Dessa maneira, a existência da fé nos serve de base para a plenitude.

A fé está naturalmente atrelada à religiosidade. Isso acontece porque nossa crença em Deus nos faz acreditar que pertencemos a algo maior, que está além do significado que tanto buscamos. E a grandiosidade do significado de Deus, torna isso, o maior e mais completo objeto com o qual possamos estabelecer uma relação de fé. Assim, ao estabelecermos algum tipo de conexão – seja com Deus ou com o motivo de nossa própria existência – introduzimos um dos ingredientes fundamentais para que se tenha um trabalho mais espiritualizado numa organização.

Amor

Finalmente, o quarto ingrediente da empresa espiritualizada é o amor. É claro que o amor ao qual nos referimos aqui é aquele que faz surgir em nós uma energia interior e nos leva a uma excelente conduta na empresa, capaz de dar vida a tudo o que almejamos fazer. Devemos sempre trabalhar com aquilo que amamos, ou seja, nos ocupar com coisas através das quais possamos expressar nossa paixão, que representem o principal motivo para acordarmos felizes toda manhã. O amor pelo próprio trabalho é fundamental na condução de uma empresa, pois é ele que motiva nossas ações, independentemente do resultado. Sem amor qualquer emprego se tornará um fardo. Esse sentimento, aliás, é a maior motivação na vida de qualquer pessoa.


Bem, o livro Empresas Espiritualizadas, além de ter uma diagramação muito elegante e atraente, faz com que o leitor “sinta” no decorrer de sua leitura o teor de muitas das observações abordadas, o que é uma experiência incrível. Esse é o caso, por exemplo, quando se discute os paradigmas da escassez e da abundância; ou quando se contextualiza o significado do grande espírito corporativo.

Pedro Ivo Moraes

É realmente excelente o livro escrito por Pedro Ivo Morais, pois essa obra fornece as ferramentas para que os gestores promovam as transformações necessárias e tenham assim uma empresa espiritualizada!!!

Conteúdo produzido pela redação da revista Criática.

Publicado recentemente

»

Dear Basketball – o curta-metragem que deu um Oscar a Kobe Bryant

Kobe Bryant, que recentemente se aposentou, resolveu fazer um filme ...

»

Tudo indica que os filmes humorísticos brasileiros não atraem grandes públicos

Diversas pesquisas indicam que cerca de 85% dos homens adultos adoram ...

»

O projeto de Ferran Adrià: Bullipedia

O chef Ferran Adrià, do icônico restaurante El Bulli, que fechou em ...

»

Um estádio altera de forma significativa o plano urbanístico de uma cidade

Em 4 de fevereiro de 2018 aconteceu na cidade de Minneapolis, no ...

»

O incrível Elon Musk continua surpreendendo

Em 17 de novembro de 2017, nas dependências de um campo de aviação ...

»

Novos vídeos da série sobre Economia Criativa no nosso canal do Youtube

Você já pode conferir os novos vídeos que o professor Victor ...

»

Alimentos que ajudam o seu bom-humor!

Pesquisas têm mostrado que existe uma relação cada vez mais ...

»

Qual é o motivo para se visitar Bordeaux?

Em 2007, Bordeaux, na França, foi classificada como patrimônio da ...

»

Novos vídeos no nosso canal do Youtube

Publicamos novos vídeos do prof. Victor Mirshawka sobre Economia ...