mswindows.org cheap office-professional-plus-2016 key parajumpers sale www.troilus.es anneshealinghands.nl canada goose jas parajumpers outlet

Novidades:

497 Visualizações

Marketing de conteúdo é essencial para se criar negócios bem-sucedidos!!!


O perfil do consumidor brasileiro está em uma veloz transformação. Quase 55% da população brasileira, que já passou de 208 milhões de pessoas, acessa a Internet (dez anos atrás eram cerca de 20%).

Atualmente, oito em cada dez pessoas têm dispositivos móveis. Dessa maneira, podem recorrer a ferramentas de comparação de preço dos produtos, ler resenhas e informar-se de muita coisa em redes sociais antes de executar suas compras. Esses comportamentos tornaram-se triviais. No setor de tecnologia, por exemplo, 82% dos consumidores pesquisaram na Web antes de adquirir produtos e serviços.

A comunicação adequada e criativa com o público passou a ser indispensável à competitividade das organizações. É por isso que, para alcançar esse objetivo, muitas empresas passaram a investir na produção de conteúdo.

Uma saída para atrair o consumidor digital é por meio do marketing de conteúdo. Ele é uma das estratégias do marketing digital (as outras seis são marketing de mídias sociais, viral e por e-mail, publicidade on-line, pesquisa on-line e monitoramento). A Editora DVS acabou de adquirir os direitos para a tradução dos livros de Joe Pulizzi, Epic Content Marketing e Content Inc., nos quais se ensina como proceder para contar uma história de forma que interesse o cliente, sem vender nada diretamente para ele, mas atendendo às suas necessidades…

Joe Pulizzi define marketing de conteúdo da seguinte forma: “É o marketing e processo de negócio para criar e distribuir um conteúdo valioso e estimulante que permita atrair, conquistar e engajar uma audiência-alvo claramente definida e compreendida – com o objetivo de orientar uma ação proveitosa para o cliente.” Em outras palavras, pode-se dizer também que marketing de conteúdo é o processo de desenvolvimento e compartilhamento de conteúdo relevante, valioso e engajador para uma audiência-alvo com o intuito de obter novos clientes ou aumentar os negócios a partir dos clientes existentes.

As empresas (marcas), ao se comunicarem com seus clientes e prospects (clientes potenciais) buscam informar e/ou entreter. Nesse sentido há quatro possíveis caminhos ou escolhas. Inicialmente, uma organização pode informar e auxiliar os seus clientes a viverem melhor, acharem melhores empregos ou serem mais bem-sucedidos no que fazem agora. Uma outra opção que ela pode seguir é a de entreter e começar assim a construir uma conexão emocional com seus clientes. Essa duas escolhas ajudam muito a criar uma legião de adeptos. Uma terceira alternativa é a de desenvolver um conteúdo amorfo ou um tanto “embaçado”, que não permite mover nem uma agulha… Esse é um conteúdo que possivelmente é apenas promocional. Poderia ser também um conteúdo que inclusive é útil ou divertido, entretanto, devido à sua qualidade, consistência ou temas apresentados, é ignorado pelos seus clientes.

A quarta estratégia poderia se a de gastar dinheiro no marketing tradicional, tal como a mala direta, a propaganda paga etc. Não há nada de muito errado com essas atividades, porém quem aprender a valer-se do marketing de conteúdo gastará muito menos e terá um retorno muito maior no que se refere à conquista do cliente.

Observação importante – Se você quer aprender como desenvolver um marketing de conteúdo épico, entre em contato com a Editora DVS, pois o consultor Victor Mirshawka Jr. poderá oferecer-lhe um treinamento valendo-se dos ensinamentos que estão nos dois livros de Joe Pulizzi.

Conteúdo produzido pela redação da revista Criática.

Publicado recentemente

»

Tendências da moda indicadas com o auxílio da inteligência artificial

No famoso filme O Diabo Veste Prada, a personagem Miranda Priestly ...

Livros - Direitos autorais
»

Não contem com o fim do livro!

Não Contem com o Fim do Livro é o titulo de uma obra escrita pelo ...

»

Os e-sports podem um dia ser incluídos nos Jogos Olímpicos?

Temos hoje muitos campeonatos de games, como os de Counter Strike (de ...

»

A Lego tem agora uma “casa de brinquedo”

O parque temático Legoland, que é o carro-chefe do grupo Lego, ...

»

Turistas desejam vivenciar experiências cada vez mais inusitadas

Inicialmente, deve-se destacar que o turismo-indústria representa ...

»

Disney compra Fox para enfrentar a Netflix e a Amazon

No final de 2017, a Walt Disney & Co adquiriu o conglomerado 21st ...

»

Cidades Paulistas Inspiradoras – O Desenvolvimento Estimulado Pela Economia Criativa

A DVS Editora acaba de lançar os livros “Cidades Paulistas ...

»

Dear Basketball – o curta-metragem que deu um Oscar a Kobe Bryant

Kobe Bryant, que recentemente se aposentou, resolveu fazer um filme ...

»

Tudo indica que os filmes humorísticos brasileiros não atraem grandes públicos

Diversas pesquisas indicam que cerca de 85% dos homens adultos adoram ...