mswindows.org cheap office-professional-plus-2016 key parajumpers sale www.troilus.es anneshealinghands.nl canada goose jas parajumpers outlet

Novidades:

369 Visualizações

O adeus do imortal Wolverine


No seu nono filme, Logan, no qual Hugh Jackman interpreta Wolverine, ele surge com o corpo coberto de cicatrizes. Grisalho, ele sangra e não parece se recuperar como outrora.

Wolverine

O Wolverine dos quadrinhos.

O personagem, dono da habilidade de regenerar seu corpo, já não sofre para manter fechados os ferimentos de tantas e tantas batalhas. Todos aqueles que um dia ele amou já foram.

A história do filme se passa em 2029, quando os mutantes – seres com mutações genéticas e poderes especiais tais quais Wolverine – estão quase extintos!!! Tem-se agora um Wolverine com cara de dor, de cansaço, isto é, bem mais vulnerável.

Na realidade, ver um herói mais frágil, mais mortal, mais humano, parece que agradou bastante aos que assistiram ao filme, pois fez com que ele se aproximasse dos espectadores.

Hugh Jackman esteve em São Paulo em 19 de fevereiro de 2017 para divulgar o seu “último” filme. Numa entrevista para Pedro Antunes do jornal O Estado de S. Paulo, disse:

Realmente, eu e o diretor James Mangold trabalhamos muito para convencer a diretoria da Fox sobre a concepção desse meu último filme como Wolverine, isso depois de 17 anos, nessa que é a mais longeva parceria entre um personagem e um ator de cinema.

De fato, isso pode até se tornar realidade, mas nada impede de surgir no futuro um Wolverine interpretado por outro ator, não é?

Wolverine

E nesse sentido, um exemplo vitorioso é, sem dúvida, o agente secreto James Bond, o 007. Se existe um personagem que pode ser chamado de mito, este sujeito é o James Bond. Pelas regras em vigor desde que Sean Connery assumiu o papel de James Bond nos anos 1960, o ator que veste o smoking (ou uma roupa mais casual) do 007 vai ficando até onde for possível, quando então é substituído por um homem branco, britânico e mais jovem!!!

O Bond atual, Daniel Craig, já participou quatro filmes e completou 49 anos. Após sinalizar que ia pedir “dispensa do serviço secreto”, recentemente deu sinais que pode ficar mais um tempo no cargo…

Seja qual for a decisão, no que depender dos fãs (e, em manifestações explícitas, das fãs…), não se vê nenhum problema em ter um Bond com 50 ou até 60 anos, não é?

Aliás, o próprio Daniel Craig em uma entrevista recente declarou: “sinceramente, independente de já ter chegado a uma certa idade, acho que ainda consigo interpretar bem o agente secreto por mais um tempo…”

O fato concreto é que em três semanas de exibição no mundo, Logan conseguiu uma arrecadação de US$ 350 milhões, sendo assim bem lucrativo, o que fará com que a Fox também pense em alguma maneira de continuar a explorar as peripécias de Wolverine (quem sabe com um outro ator…) ou inventando algum motivo irrecusável para tirar Logan (o nome civil do herói) da aposentadoria, afinal Hugh Jackman só tinha 48 anos em 2017!!!

 

Conteúdo produzido pela redação da revista Criática.

Publicado recentemente

»

Um estádio altera de forma significativa o plano urbanístico de uma cidade

Em 4 de fevereiro de 2018 aconteceu na cidade de Minneapolis, no ...

»

O incrível Elon Musk continua surpreendendo

Em 17 de novembro de 2017, nas dependências de um campo de aviação ...

»

Novos vídeos da série sobre Economia Criativa no nosso canal do Youtube

Você já pode conferir os novos vídeos que o professor Victor ...

»

Alimentos que ajudam o seu bom-humor!

Pesquisas têm mostrado que existe uma relação cada vez mais ...

»

Qual é o motivo para se visitar Bordeaux?

Em 2007, Bordeaux, na França, foi classificada como patrimônio da ...

»

Novos vídeos no nosso canal do Youtube

Publicamos novos vídeos do prof. Victor Mirshawka sobre Economia ...

»

Fórmula 1, um grande negócio que atrai milhões de pessoas em todo o planeta

Há algum tempo, Bernie Ecclestone, que em 2017 completou 87 anos, ...

»

Empresas espiritualizadas – amor e propósito na transformação do mundo corporativo

A DVS Editora lançou no final de 2017 o livro do publicitário Pedro ...

»

Novidades: agora temos nosso canal sobre Economia Criativa no Youtube

Novo canal no Youtube revista Criática chega para compartilhar mais ...