mswindows.org cheap office-professional-plus-2016 key parajumpers sale www.troilus.es anneshealinghands.nl canada goose jas parajumpers outlet

Novidades:

Charles Aznavour
477 Visualizações

O incrível Charles Aznavour!!!


Vai se apresentar em São Paulo o notável compositor e intérprete francês Charles Aznavour.

Ele nasceu em Paris, em 22 de maio de 1924, filho de pais armênios em fuga da violência e do genocídio, recém-chegados e abrigados na França. Aliás, o jovem Charles Arzanourian jamais deixou de lembrar sua origem e a influência de seus antepassados na sua arte.

Ao longo de décadas, Aznavour conviveu com a desconfiança de uma parte da crítica nas suas canções como Que c’est Triste Venise, La Bohème, Elle, mas foi conquistando não só o público francês, como também do mundo todo.

Tornou-se, especialmente para os franceses, aquilo que Frank Sinatra alcançou entre os norte-americanos: ser um mito!!!

Aznavour canta sobre o tempo passado, mas suas letras dizem muito sobre o presente. A sua canção Les Emigrants, um de seus clássicos, após a crise dos refugiados enfrentada pela Europa principalmente em 2015, ganhou um teor político inegável, pois nela se diz: “Comment crois-tu qu’ils sont venus? Ils sont venus, les poches vides et les mains nues (“Como você acha que eles vieram? Eles vieram, os bolsos vazios e as mãos nuas.”)

Amante da palavra escrita, apaixonado pela língua francesa e seus poetas, Aznavour compôs mais de 1.400 mil canções.

 

Ele próprio explicou:

“Eu não sou um poeta, sou um escritor de canções. Mas há um gosto de poesia nessas composições.”

Pouca gente se lembra, mas foi grande o trabalho de Charles Aznavour como ator, com o seu nome constando nos créditos de nada menos de 60 filmes. Pode-se dizer que o pico de sua carreira ocorreu com o filme Ararat, de Atom Egoyan, no qual são apresentadas três histórias paralelas – um diretor tenta fazer seu filme, um jovem quer atravessar a fronteira, uma mulher busca explicações para o desaparecimento do pai –, convergindo no ponto comum e das atrocidades a que seu povo foi submetido ao longo da história.

Esse filme tem especial significado para Aznavour, que sempre cultivou suas raízes familiares e, em 2008, obteve cidadania armênia e, em 2009, aceitou tornar-se embaixador da Armênia na Suíça.

Cena do filme Ararat (2002) com Charles Aznavour ao centro.

Cena do filme Ararat (2002) com Charles Aznavour ao centro.

O show de Azanavour em São Paulo foi programado para 16 de março de 2017 no Espaço das Américas, e aqueles que conseguiram comprar o ingresso, sem dúvida, concluíram que valeu muito a pena o dinheiro gasto!!!

Conteúdo produzido pela redação da revista Criática.

Publicado recentemente

»

Tendências da moda indicadas com o auxílio da inteligência artificial

No famoso filme O Diabo Veste Prada, a personagem Miranda Priestly ...

Livros - Direitos autorais
»

Não contem com o fim do livro!

Não Contem com o Fim do Livro é o titulo de uma obra escrita pelo ...

»

Os e-sports podem um dia ser incluídos nos Jogos Olímpicos?

Temos hoje muitos campeonatos de games, como os de Counter Strike (de ...

»

A Lego tem agora uma “casa de brinquedo”

O parque temático Legoland, que é o carro-chefe do grupo Lego, ...

»

Turistas desejam vivenciar experiências cada vez mais inusitadas

Inicialmente, deve-se destacar que o turismo-indústria representa ...

»

Disney compra Fox para enfrentar a Netflix e a Amazon

No final de 2017, a Walt Disney & Co adquiriu o conglomerado 21st ...

»

Cidades Paulistas Inspiradoras – O Desenvolvimento Estimulado Pela Economia Criativa

A DVS Editora acaba de lançar os livros “Cidades Paulistas ...

»

Dear Basketball – o curta-metragem que deu um Oscar a Kobe Bryant

Kobe Bryant, que recentemente se aposentou, resolveu fazer um filme ...

»

Tudo indica que os filmes humorísticos brasileiros não atraem grandes públicos

Diversas pesquisas indicam que cerca de 85% dos homens adultos adoram ...