mswindows.org cheap office-professional-plus-2016 key parajumpers sale www.troilus.es anneshealinghands.nl canada goose jas parajumpers outlet

Novidades:

2750 Visualizações

O que sabemos do universo?


Pois é, na revista New Scientist (2/5/2015) dedicada especialmente ao tema The Human Universe (algo como o Universo Humano) foram feitas questões bem complexas com respostas dadas por especialistas, não totalmente convincentes.

1ª) O universo existe só para nós?
Michael Slezak argumentou: “Durante toda a nossa existência na Terra, os seres humanos acreditaram durante muito tempo que eram o que havia de melhor no planeta…

Mas com a evolução da ciência as pessoas acabaram acreditando o quão insignificantes elas são, não sendo o centro do universo, ou seja, vivendo num planeta que está em órbita em torno de uma estrela insignificante de uma galáxia entre os bilhões que há no universo, que existem pelo menos 13,8 bilhões de anos antes da nossa presença!!!”

2ª) A consciência de algo cria a sua realidade?
Douglas Heaven salientou: “Para mim faz sentido o que disse o notável físico John Archibald Wheeler no século XX: ‘O universo realmente poderia não existir em qualquer sentido físico – mesmo no passado – até que possamos mensurá-lo.

E o que fazemos no presente influencia o que aconteceu no passado – em princípio, sempre que voltamos para as origens do universo.
Portanto, para todos os propósitos e intenções o universo não existiria até que nós e outras entidades conscientes começassem a observá-lo.’”

Uma revista espetacular e bem acessível para todos que quiserem saber sobre as novidades científicas.

Uma revista espetacular e bem acessível para todos que quiserem saber sobre as novidades científicas.

3ª) Podemos compreender qualquer coisa?
Mac Gregor Campbell enfatizou: “Um século atrás, não sabíamos que existiam outras galáxias, ou que o universo estava se expandindo.

Mas mesmo que sejamos capazes de compreender qualquer coisa, há muito trabalho a desenvolver para que se chegue a essa condição, pois as duas teorias físicas de maior sucesso – a geral de relatividade (coisas muito grandes) e a mecânica quântica (coisas muito pequenas) não são suficientes para que possamos entender todo o universo.”

4ª) Poderíamos destruir o universo?
Michaels Brooks respondeu: “Com cada vez mais poder, surge na mesma proporção uma maior responsabilidade.
À medida que a força dos seres humanos cresce na Terra, isso também aumenta as possibilidades que nos podemos destruí-la ou pelo menos a nós mesmos.
Porém, essa possibilidade é de menor significância se for comparada com o poder que temos para fazer uma coisa muito pior. Sim, podemos destruir o universo!?!?”

5ª) O cosmos sabe que estamos aqui na Terra?
Jon White destacou: “No que há de melhor no nosso conhecimento comprovado até agora achamos que somos os únicos no universo.
Mas e se não formos os únicos?

Não podemos deixar de imaginar o que pode acontecer no universo, ou seja, se existem várias centenas de bilhões de estrelas na nossa galáxia, só um milhão delas dentro da distância de 1.000 anos luz, como é que podemos descartar de que em volta delas não possam estar orbitando planetas semelhantes ao nosso?”

6ª) Poderíamos colonizar as estrelas?
Michael Brooks, para essa questão afirmou: “Talvez daqui 10 milhões de anos a nossa civilização alcance uma tal evolução tecnológica que lhe possibilite ser capaz de percorrer distâncias interestelares!?!? Por enquanto, nem pensar nisso.”

Sistema solar

7ª) Poderiam os seres humanos “engenheirar” mais o universo?
Stephen Battersby enfatizou: “Os seres humanos sem dúvida já fizeram muitas alterações e transformações na Terra.

Construíram enormes cidades, redes de transporte, usinas de geração de energia elétrica, encheram o espaço de satélites, modificaram a natureza com o desaparecimento de muitos animais e provocaram a escassez de certos recursos etc.

Tentar prever o futuro na realidade é um jogo para tolos e dessa forma acreditar que poderemos também fazer grandes alterações no espaço sideral, ou seja, no universo, isso só vai acontecer quando muito progresso tecnológico acontecer, em particular se tivermos veículos espaciais que consigam se deslocar no mínimo na velocidade da luz.”

8ª) Podemos nos tornar “deuses”?
Sean O’Neill filosofou: “Os seres humanos são uma espécie muito curiosa e essa nossa curiosidade conduziu as pessoas a ter algumas ideias muito interessantes sobre a sua posição no universo: “deuses”, contínua evolução, consciência quântica etc.

Mas talvez a mais curiosa de todas as ideias que os seres humanos mais inteligentes estão divulgando é que o universo não é algo real e que vivemos em uma simulação computacional criada por uma inteligência superior.”

Bem, que respostas um tanto incompreensíveis, apesar do que as perguntas foram bem claras, não é?

Engenheiro, mestre em estatística, professor, autor de dezenas de livros, gestor educacional, palestrante e consultor. Editor chefe da Revista Criática.

Publicado recentemente

»

Turistas desejam vivenciar experiências cada vez mais inusitadas

Inicialmente, deve-se destacar que o turismo-indústria representa ...

»

Disney compra Fox para enfrentar a Netflix e a Amazon

No final de 2017, a Walt Disney & Co adquiriu o conglomerado 21st ...

»

Cidades Paulistas Inspiradoras – O Desenvolvimento Estimulado Pela Economia Criativa

A DVS Editora acaba de lançar os livros “Cidades Paulistas ...

»

Dear Basketball – o curta-metragem que deu um Oscar a Kobe Bryant

Kobe Bryant, que recentemente se aposentou, resolveu fazer um filme ...

»

Tudo indica que os filmes humorísticos brasileiros não atraem grandes públicos

Diversas pesquisas indicam que cerca de 85% dos homens adultos adoram ...

»

O projeto de Ferran Adrià: Bullipedia

O chef Ferran Adrià, do icônico restaurante El Bulli, que fechou em ...

»

Um estádio altera de forma significativa o plano urbanístico de uma cidade

Em 4 de fevereiro de 2018 aconteceu na cidade de Minneapolis, no ...

»

O incrível Elon Musk continua surpreendendo

Em 17 de novembro de 2017, nas dependências de um campo de aviação ...

»

Novos vídeos da série sobre Economia Criativa no nosso canal do Youtube

Você já pode conferir os novos vídeos que o professor Victor ...