mswindows.org cheap office-professional-plus-2016 key parajumpers sale www.troilus.es anneshealinghands.nl canada goose jas parajumpers outlet

Novidades:

935 Visualizações

O site que está revolucionando a indústria do turismo no mundo todo


Em 2008, Brian Chesky teve uma ideia excêntrica: alugar colchões infláveis para estranhos em seu apartamento!

Junto com os colegas de apartamento Joe Gebbia e Nathan Blecharczyk, o que ele esperava era ter um pouco mais de dinheiro para pagar o aluguel. Assim, criou a Airbed & Breakfast, que mais tarde viria a se chamar Airbnb. A empresa hoje vale US$ 13 bilhões e em 2014 cerca de 16 milhões de pessoas usaram seu site e aplicativo para encontrar acomodações por períodos curtos nos mais variados países do mundo.

Brian Chesky, um dos cofundadores do Airbnb, o site que está colocando em polvorosa as redes hoteleiras no mundo todo.

A Airbnb oferece hospedagem em quase 200 países, do México a Myanmar, da Argentina à Turquia. Quem usa os imóveis oferecidos pela Airbnb geralmente paga metade do que pagaria nas redes de hotéis tradicionais, com conforto semelhante. Mas a Airbnb também tem imóveis de luxo, como, por exemplo, uma cobertura em Las Vegas, nos Estados Unidos da América (EUA), com diária de US$ 1.900, ou então numa villa do século XVIII no topo de uma colina na Úmbria, Itália, por US$ 1.669 a diária, ou ainda uma fazenda com quase quatro milhões de metros quadrados, com uma sede com seis quartos, no Brasil, por US$ 3.800 o dia.

Com cerca de um milhão de propriedades à disposição, a Airbnb supera as maiores redes hoteleiras do mundo – a maior delas, a Intercontinental, tem cerca de 700 mil quartos!

Disse Brian Chesky: “Apesar de estarmos com alguns problemas com a Justiça, como é o caso de Nova York, temos relatórios de que o Airbnb trouxe impactos econômicos positivos em muitas cidades importantes como Amsterdã, Berlim, Sidney etc., nas quais houve um incremento no turismo graças a nossa existência.

Já estamos começando a pensar na viagem inteira, incluindo aí as experiências que o turismo possibilita, e não apenas um lugar para dormir. Realmente nos importamos com essa ideia profunda de unir o mundo, que, aliás, é a mesma que está por trás da Internet e da via virtual: conectar o mundo!

Caro leitor, você já usou o serviço do Airbnb? Não, então experimente, nem que seja para dizer: fiz uma coisa pela primeira vez!

Conteúdo produzido pela redação da revista Criática.

Publicado recentemente

»

Um estádio altera de forma significativa o plano urbanístico de uma cidade

Em 4 de fevereiro de 2018 aconteceu na cidade de Minneapolis, no ...

»

O incrível Elon Musk continua surpreendendo

Em 17 de novembro de 2017, nas dependências de um campo de aviação ...

»

Novos vídeos da série sobre Economia Criativa no nosso canal do Youtube

Você já pode conferir os novos vídeos que o professor Victor ...

»

Alimentos que ajudam o seu bom-humor!

Pesquisas têm mostrado que existe uma relação cada vez mais ...

»

Qual é o motivo para se visitar Bordeaux?

Em 2007, Bordeaux, na França, foi classificada como patrimônio da ...

»

Novos vídeos no nosso canal do Youtube

Publicamos novos vídeos do prof. Victor Mirshawka sobre Economia ...

»

Fórmula 1, um grande negócio que atrai milhões de pessoas em todo o planeta

Há algum tempo, Bernie Ecclestone, que em 2017 completou 87 anos, ...

»

Empresas espiritualizadas – amor e propósito na transformação do mundo corporativo

A DVS Editora lançou no final de 2017 o livro do publicitário Pedro ...

»

Novidades: agora temos nosso canal sobre Economia Criativa no Youtube

Novo canal no Youtube revista Criática chega para compartilhar mais ...