mswindows.org cheap office-professional-plus-2016 key parajumpers sale www.troilus.es anneshealinghands.nl canada goose jas parajumpers outlet

Novidades:

595 Visualizações

Todos vão ter aulas de ioga na Índia


Você sabe o que é um mantra? E o que são chacras? Ou ainda o que é uma asana? É natural que, se você nunca praticou ioga, não saiba nada disto.

Até na Índia, onde a prática nasceu há milhares de anos, há milhões de pessoas que não fazem ideia das respostas para as questões formuladas. Mas a partir do ano letivo de 2015, isso vai deixar de ser assim no Estado do Rajastão, já que essa prática milenar vai fazer parte do currículo de todas as escolas públicas.

Porém para você não ficar “boiando” saiba que asana é uma posição de ioga; mantra um som que se entoa repetidamente para meditar e chacra é um centro de energia do corpo humano (há sete).

Pois é, o governo de Nova Délhi decidiu promover a ioga como patrimônio da Índia e com essa finalidade o primeiro-ministro Narendra Nodi criou um ministério para tutelar a prática de medicinas tradicionais, ioga e homeopatia e naturopatia. E isso envolve o primeiro-ministro Narendra Nodi de forma particular, pois ele atribuiu o seu bem-estar físico ao vegetarianismo e ao ato de começar todos os seus dias fazendo ioga. Aliás, em setembro de 2014, Narendra Nodi, ao proferir seu discurso na Organização das Nações Unidas (ONU), defendeu com veemência a criação de um Dia Internacional da Ioga, recebendo o apoio de 50 países entre os quais a China e os Estados Unidos da América (EUA).

O governo indiano não quer encorajar a prática da ioga só nas escolas. O seu plano é mais amplo e a intenção é que seja praticada nos hospitais e especialmente nas academias de polícia. Está em evolução também um projeto para criar uma videoteca que documente de maneira correta de fazer os mais de 1.500 posições existentes na ioga.

O fato de não se conhecer o local exato onde a ioga foi praticada pela primeira vez pode ser um entrave ao objetivo de declará-la um patrimônio indiano. É unânime que a origem tenha sido a Índia, entretanto, a prática disseminou-se de tal maneira que se tornou quase impossível circunscrevê-la a um só lugar. Há, inclusive, diversos métodos de ioga criados em diferentes partes do mundo.

Hoje, a ioga não é apenas uma filosofia que inclui prática física. Também tornou-se um negócio lucrativo que só nos EUA movimenta cerca de US$ 12 bilhões todos os anos, um mercado bem grande, que dificilmente quererá se submeter á vontade de Nova Délhi.

Engenheiro, mestre em estatística, professor, autor de dezenas de livros, gestor educacional, palestrante e consultor. Editor chefe da Revista Criática.

Publicado recentemente

»

Disney compra Fox para enfrentar a Netflix e a Amazon

No final de 2017, a Walt Disney & Co adquiriu o conglomerado 21st ...

»

Cidades Paulistas Inspiradoras – O Desenvolvimento Estimulado Pela Economia Criativa

A DVS Editora acaba de lançar os livros “Cidades Paulistas ...

»

Dear Basketball – o curta-metragem que deu um Oscar a Kobe Bryant

Kobe Bryant, que recentemente se aposentou, resolveu fazer um filme ...

»

Tudo indica que os filmes humorísticos brasileiros não atraem grandes públicos

Diversas pesquisas indicam que cerca de 85% dos homens adultos adoram ...

»

O projeto de Ferran Adrià: Bullipedia

O chef Ferran Adrià, do icônico restaurante El Bulli, que fechou em ...

»

Um estádio altera de forma significativa o plano urbanístico de uma cidade

Em 4 de fevereiro de 2018 aconteceu na cidade de Minneapolis, no ...

»

O incrível Elon Musk continua surpreendendo

Em 17 de novembro de 2017, nas dependências de um campo de aviação ...

»

Novos vídeos da série sobre Economia Criativa no nosso canal do Youtube

Você já pode conferir os novos vídeos que o professor Victor ...

»

Alimentos que ajudam o seu bom-humor!

Pesquisas têm mostrado que existe uma relação cada vez mais ...