mswindows.org cheap office-professional-plus-2016 key parajumpers sale www.troilus.es anneshealinghands.nl canada goose jas parajumpers outlet

Novidades:

1874 Visualizações

Você quer recarregar a sua bateria?


Bem, se a resposta é positiva, então uma sugestão é ler pausadamente a diversas narrativas que o especialista em gestão de pessoas e transformação cultural, Daniel C. Luz, apresenta no seu livro Recarregando a Bateria Humana (DVS Editora).

Na introdução, o autor faz uma “promessa” ao leitor: “Aqui está meu compromisso. Você não encontrará nesse livro respostas convenientes ou chavões de autoajuda. Não achará o conhecido método ‘Três passos fáceis’ ou soluções absurdamente simples. Nada de bobagem filosófica ou blábláblá psicológico.

Escrevi este livro para todos aqueles que precisam de força para encarar os obstáculos que se colocam entre você e seus objetivos, sonhos e melhores dias de futuro. Este livro é para você se, às vezes, luta com sentimentos de insegurança. É para você que duvida de si mesmo. É para você se ocasionalmente se sente inadequado em seu trabalho, ou ainda como pai, mãe ou cônjuge. É para você que está com o coração partido. É para você se tem medo de sair da zona de conforto.

É para você que se sente desencorajado ou sobrecarregado pelas responsabilidades.

Meu compromisso é ser verdadeiro e oferecer a verdade descomplicada àqueles que estão diante de um obstáculo ou procurando sair do seu próprio abismo, ansiosos para encontrar a força para fazer o que acham que não conseguem!?!?”

No livro são apresentadas 53 narrativas e para a sua degustação aí vai uma com o título O hífen – vivendo o pequeno traço, apresentada de maneira sucinta. Diz o autor: “Há muitos anos, eu caminhava em uma visita a um cemitério histórico e fiquei fascinado pelas velhas lápides e a vida que elas representaram. Minha imaginação me levou às várias histórias que as lápides contavam. Fiquei pensando em como era a vida em 1823 ou 1914.

Sabia que as pessoas daqueles tempos tinham os mesmos problemas e dores que qualquer um tem na vida, mas fiquei pensando se elas se sentiam tão estressadas e pressionadas como somos hoje. A tecnologia e recursos modernos revolucionaram a vida no século XXI, mas a que custo?

Olhando as velhas lápides, não pude deixar de reconhecer que vidas inteiras estavam naquele momento diante de mim, reduzidas a duas datas ligadas por um pequeno traço!

Não esquecerei tão cedo o que aprendi naquele local. Primeiro, a vida é breve!!! Terrivelmente breve. Em cada lápide existe um pequeno traço… uma linha horizontal… ilustrando o tempo. Se esse ‘hífen’ pudesse falar, ele nos ensinaria a segunda lição: a sua oportunidade é agora! Não depois, agora.

Há um antigo ditado que ouvi quando criança que, ocasionalmente, retorna à minha mente: Quatro coisas nunca voltam: a palavra dita, a flecha lançada, o passar do tempo, a oportunidade negligenciada.

Daniel C. Luz tem a grande habilidade de passar importantes ensinamentos em narrativas curtas.

Daniel C. Luz tem a grande habilidade de passar importantes ensinamentos em narrativas curtas.

A vida de cada pessoa se constitui naquilo que acontece entre essas duas datas. Resume-se ao que abrange o traço. Lembro-me de ter olhado para a lápide de uma pessoa em particular e pensei: ‘Pelo que ela viveu? Quem ela amou? Quais foram suas paixões? Quais foram seus maiores erros e principais arrependimentos?’
Quando paramos para pensar, vemos que não temos controle sobre muitas coisas na vida. Não decidimos onde iríamos nascer, quem seriam nossos pais ou em qual período histórico ou cultura viveríamos. Tampouco decidimos as datas colocadas em nossa lápide (a não ser que alguém queira se suicidar…). Não sabemos quando nosso tempo aqui acabará. Pode ser na semana que vem, no próximo ano ou daqui a muitas décadas. Somente Deus sabe.

A terceira lição que aprendi é que devemos decidir como gastar da melhor forma o intervalo de tempo entre as duas datas, separadas pelo traço de tempo, que vão limitar nossa existência terrena.

↘ Em que você está gastando o seu tempo?
↘ Está vivendo o traço sabendo exatamente quem é e por que está aqui?
↘ Ou simplesmente lutando para viver, gastando apressadamente preciosos momentos em busca de coisas que são fúteis?”

Gostou dessa provocação. Vai refletir sobre as perguntas colocadas?

Não esqueça, você não viverá para sempre. Pode ser até que viva um pouco mais, devido ao avanço da ciência e as novas tecnologias e o consequente aumento da expectativa de vida. Mas esse é mais um motivo para começar a investir na vida que você quer e não só nesta que você tem agora!?!?
Transforme, enquanto pode, o jeito como vive o traço…

Nunca houve momento mais ideal para começar algo. Agora, mais do que nunca, vivemos em um mundo de oportunidades.

O número estimado de seres humanos que já morreram na história do planeta Terra é 106.716.367.669, feito por Carl Haub, pesquisador do instituto norte-americano Population Reference Bureau. Arredondando, suponhamos que foram 107 bilhões de pessoas…

O número total de seres humanos vivos, hoje, é de aproximadamente 7,2 bilhões, considerado o maior da história do nosso planeta até agora.

Você, entretanto, tem uma possibilidade única de viver a vida que ganhou na história da humanidade antes de se somar ao número de aproximadamente 114,2 bilhões de lápides já fincadas na Terra.

Então, agora é o momento acerto de você recarregar suas baterias, de agir, de fazer algo maior, de realizar… não adie mais.

Observação importante – Se quiser entrar em contato com o autor, o e-mail é daniel.luz2020@hotmail.com e para comprar o livro, clique aqui.

Publicado recentemente

»

A Inteligência Artificial está em vias de superar a Inteligência Humana

Vivemos numa época em que é cada vez mais importante entender a ...

»

Coach da Gratidão Financeira

A psicóloga Marcia Luz é mestre em Engenharia de Produção e ...

»

A Lego fará suas peças com materiais sustentáveis

É no centro da cidade de Billund, na Dinamarca, que está localizado ...

»

O combate a fake news e a publicidade fake

Em 9 de agosto de 2018 o advogado e jornalista João Luiz Faria Netto ...

»

O retorno ao boom dos cruzeiros no Brasil

Tudo indica que os brasileiros terão uma ótima opção de turismo ...

»

Na China, o governo tem uma posição contraria aos jogos on-line!?!?

O governo chinês tem procurado controlar muita coisa que é ...

»

Os negócios do chef Jamie Oliver em declínio!?!?

Há quem aponte que a brilhante carreira do chef inglês Jamie Oliver ...

»

Será que toda cidade criativa é também uma cidade inteligente?

Há apenas poucas décadas, a mera tentativa de dotar um núcleo ...

»

Tendências da moda indicadas com o auxílio da inteligência artificial

No famoso filme O Diabo Veste Prada, a personagem Miranda Priestly ...