mswindows.org cheap office-professional-plus-2016 key parajumpers sale www.troilus.es anneshealinghands.nl canada goose jas parajumpers outlet

Novidades:

3915 Visualizações

Você sabe o que é Trahentem?


Trahentem é a incrível metodologia que a designer instrucional e master trainer Flora Alves desenvolveu!!!

É na realidade uma ferramenta que permite que uma pessoa consiga organizar muito bem as suas ideias e imprimir uma maior velocidade na criação dos módulos de treinamento.

Para explicar o seu método Trahentem, ela escreveu o livro Design de Aprendizagem com o uso de Canvas (DVS Editora) com o objetivo de ajudar os designers instrucionais experientes ou iniciantes, a colocarem em prática – aplicação das regras ou princípios de uma arte ou ciência – aquilo que sabem que é essencial, mas encontram dificuldade para executar e, assim, para que possam ajudar os outros a aprender mais eficiente.

No seu livro Faces do Design, a artista plástica Mônica Moura deu um definição mais ampla para essa palavra, salientando: “Design significa ter e desenvolver um plano, um projeto, quer dizer designar. É trabalhar com a intenção, com cenário futuro, executando a concepção e o planejamento daquilo que virá a existir. Criar, desenvolver, implantar um projeto – o design – significa pesquisar e trabalhar com referências culturais e estéticas, com o conceito de proposta. É lidar com a forma, com o feitio, com a configuração, a elaboração, o desenvolvimento e o acompanhamento do projeto.”

Por seu turno a autora Flora Alves definiu design de aprendizagem no método Trahentem com uso de Canvas como:

É a organização sistematizada, encadeada e intencional de conteúdos, com a utilização de metodologias de aprendizagem adequadas para cada tipo de conhecimento, de modo a estimular e facilitar o processo de aprendizagem com diferente contextos, e promover a mudança de conduta com relação à performance, atitude e comportamentos.

Flora Alves

Para aqueles que não estão habituados com a palavra canvas, convem explicar que é uma palavra inglesa que deriva do latim e que significa “tela”.

Ao se falar canvas você deve pensar numa tela em branco na qual pode colocar o que a sua imaginação permitir e, assim, criar uma visão compartilhada de algo que anteriormente erá só seu. Isso é sensacional, não é?

Sendo uma abordagem prática que se propõe a construir uma ponte entre a teoria e a prática, o funcionamento adequado da metodologia Trahentem, requer uma mudança do modelo mental, ou seja, é preciso deixar de utilizar modelos mentais convencionais e trabalhar com foco na experimentação.

De fato o funcionamento da metodologia Trahentem está pautado na utilização de três modelos de Canvas, que foram construídos para atender as necessidades específicas, todas elas correlacionadas ao ciclo das soluções de aprendizagem.

Por isso, cada um dos Canvas recebe um nome diferente e está dividido em “blocos” que representam elementos importantes em cada etapa do design de aprendizagem.

Infelizmente muitas soluções de aprendizagem priorizam apenas um dos sentidos e com isso, muito do que recebemos não permanece de maneira duradoura no nosso cérebro.

Possuímos duas memórias principais com as quais trabalhamos para aprender algo, a memória de trabalho e a nossa memória de longo prazo.

Para ajudar alguém a aprender é necessário organizar de maneira sistemática e intencional o que precisa ser aprendido de modo a favorecer este processo.

O primeiro passo é conseguir manter a atenção de quem vai aprender, e como somos adultos, só prestamos atenção naquilo que queremos e percebemos sua utilidade.

Em seguida, é preciso favorecer as conexões entre o que já conhecemos e o que vamos aprender.

O passo seguinte é a gerência da área cognitiva, essencial para o sucesso deste processo.

Na memória de curto prazo não se consegue “derramar” muito conteúdo pois não se tem espaço para isso…

Dessa maneira a permanência de um aprendizado depende do seu armazenamento na memória de longo prazo, de tal modo que sejamos capazes de recuperar este conhecimento para colocá-lo em prática.

Este armazenamento ocorre quando promovemos ensaios que permitam sua codificação.

Uma vez armazenado, é preciso promover a prática de recuperação daquilo que foi aprendido.

Assim quando o aprendiz voltar ao seu local de trabalho, saberá recuperar o que precisa para colocar em prática o aprendizado.

Bem, quem ler Design de Aprendizagem com Uso de Canvas aprenderá (e reterá) que o exercício de utilização da metodologia Trahentem leva à prática e consequentemente a uma maior agilidade na aplicação do que se aprendeu.

Um grande ganho que se perceberá também é o da gestão do tempo, isto é, o seu melhor aproveitamento, visto que a metodologia fornece um direcionamento no pensar e a possibilidade de enxergar bem a criação de suas fases, podendo assim ser reestruturada e reanalisada em sua totalidade ou em partes!!!

 

Publicado recentemente

»

As coisas incríveis que só se pode comer e beber no Brasil

Você já comeu algo que utiliza farinha de Bragança na receita?Já ...

»

Em muitos museus do mundo homenageou-se Leonardo da Vinci!!!

No dia 2 de maio de 1.519 morreu Leonardo di Ser Piero da Vinci, ou ...

»

A Inteligência Artificial está em vias de superar a Inteligência Humana

Vivemos numa época em que é cada vez mais importante entender a ...

»

Coach da Gratidão Financeira

A psicóloga Marcia Luz é mestre em Engenharia de Produção e ...

»

A Lego fará suas peças com materiais sustentáveis

É no centro da cidade de Billund, na Dinamarca, que está localizado ...

»

O combate a fake news e a publicidade fake

Em 9 de agosto de 2018 o advogado e jornalista João Luiz Faria Netto ...

»

O retorno ao boom dos cruzeiros no Brasil

Tudo indica que os brasileiros terão uma ótima opção de turismo ...

»

Na China, o governo tem uma posição contraria aos jogos on-line!?!?

O governo chinês tem procurado controlar muita coisa que é ...

»

Os negócios do chef Jamie Oliver em declínio!?!?

Há quem aponte que a brilhante carreira do chef inglês Jamie Oliver ...