mswindows.org cheap office-professional-plus-2016 key parajumpers sale www.troilus.es anneshealinghands.nl canada goose jas parajumpers outlet

Novidades:

949 Visualizações

Papa Francisco está entre as pessoas mais influentes do mundo sendo o líder mais seguido nas redes sociais


Pois é, a revista Time (27 de abril a 4 de maio de 2015) destacou as 100 pessoas mais influentes do mundo. Na categoria ícones, aparece o papa Francisco que sem dúvida imprimiu uma nova forma de exercer o seu papado, centrado na humanização.

Para promover mais a popularidade do papa Francisco, o Vaticano mergulhou em novas tecnologias de informação e comunicação (TICs) e conseguiu transformar o pontífice no líder mais influente do mundo no Twitter.

Um levantamento da empresa Burson-Marsteller revelou que líderes mundiais passaram a aderir ao formato de mensagens para se comunicar e até fazer anúncios importantes.

Assim como ocorreu em 2013, o líder mais seguido do mundo em 2014 continua sendo o presidente norte-americano Barack Obama e 57 milhões de pessoas acompanham @BarackObama.

Aliás, ele abriu sua conta em 2007, e foi o primeiro a entrar na busca de eleitores por meio do Twitter. Em termos de números de seguidores, o papa vem na 2ª posição, com 20 milhões, nas nove línguas usadas no Twitter da Santa Sé.

Mas, quando se mede o impacto das mensagens do pontífice, fica claro quem é o mais influente.

Em média, cada tuíte papal é retuitado por 10 mil pessoas.

No caso de Obama, não passam de 1,2 mil.

Conhecido como Twiplomacy (jogo de palavras com Twitter e diplomacia), desenvolveu-se um estudo para avaliar o uso do site de mensagens por governos e chancelarias.

Revista TimeNo total, 699 governos de 166 países possuem contas no Twitter. Chefes de Estado, por meio de contas pessoais eram 172 e apenas 27 países, principalmente na África, estão fora da rede.

Compreensivelmente, pelo tamanho populacional da Índia, o seu primeiro-ministro Narendra Modi, é o terceiro líder mais seguido do mundo, depois vem o presidente da Turquia Recep Tayyip Erdogan, embora no seu país a ferramenta seja alvo de censura.

Líderes mundiais já postaram mais de 2,6 milhões de mensagens pela rede, com uma média de quatro tuítes por dia. Um dos maiores usuários é o presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, com 41 mensagens por dia e um total de 60 mil tuítes.

Na América Latina, entretanto, o mais seguido é o presidente mexicano Peña Nieto. Depois dele vem o presidente da Colômbia, Juan Manoel Santos e em seguida a presidente argentina Cristina Fernández de Kirchner, com mais de 3,6 milhões de seguidores cada um.

A presidenta Dilma Rousseff aparece na quarta posição, com 3,3 milhões de seguidores, que certamente acompanharam sua mensagem para os trabalhadores no dia 1º de maio de 2015…

Engenheiro, mestre em estatística, professor, autor de dezenas de livros, gestor educacional, palestrante e consultor. Editor chefe da Revista Criática.

Publicado recentemente

»

Dear Basketball – o curta-metragem que deu um Oscar a Kobe Bryant

Kobe Bryant, que recentemente se aposentou, resolveu fazer um filme ...

»

Tudo indica que os filmes humorísticos brasileiros não atraem grandes públicos

Diversas pesquisas indicam que cerca de 85% dos homens adultos adoram ...

»

O projeto de Ferran Adrià: Bullipedia

O chef Ferran Adrià, do icônico restaurante El Bulli, que fechou em ...

»

Um estádio altera de forma significativa o plano urbanístico de uma cidade

Em 4 de fevereiro de 2018 aconteceu na cidade de Minneapolis, no ...

»

O incrível Elon Musk continua surpreendendo

Em 17 de novembro de 2017, nas dependências de um campo de aviação ...

»

Novos vídeos da série sobre Economia Criativa no nosso canal do Youtube

Você já pode conferir os novos vídeos que o professor Victor ...

»

Alimentos que ajudam o seu bom-humor!

Pesquisas têm mostrado que existe uma relação cada vez mais ...

»

Qual é o motivo para se visitar Bordeaux?

Em 2007, Bordeaux, na França, foi classificada como patrimônio da ...

»

Novos vídeos no nosso canal do Youtube

Publicamos novos vídeos do prof. Victor Mirshawka sobre Economia ...