mswindows.org cheap office-professional-plus-2016 key parajumpers sale www.troilus.es anneshealinghands.nl canada goose jas parajumpers outlet

Novidades:

912 Visualizações

Executivos gestores que desagregam


Uma pessoa de notável perspicácia, que escreve com muita inteligência e até com tremendo bom humor é a articulista do famoso jornal britânico Financial Times, Lucy Kellaway, cuja coluna é publicada, para a nossa felicidade, em português, com periodicidade no jornal Valor Econômico.

Tim Cook (imagem acima) foi citado como o “campeão do obscurecimento”.

Se, ao ler, o intuito de alguém é assimilar algo novo, estar a par de algum procedimento cotidiano excêntrico nesse mundo de expansiva comunicação que foge do trivial, a sugestão é uma só: não se pode deixar de acompanhar o que escreve Lucy Kellaway.

No final de cada ano, ela escolhe algumas personalidades que fizeram pronunciamentos desconcertantes ou sem nexo e lhes atribui prêmios que denominou como Abobrinha de Ouro 2014.

Entre os agraciados por ela em 2014 está, por exemplo, o CEO (chief executive officer, ou seja, o executivo principal) da AT&T, Randall Stephenson, que disse: “Nós realmente achamos que o setor está em um ponto em que se pode realmente ver uma linha de vista para a equação do subsídio apenas mudando fundamentalmente em um período de tempo muito curto.”

Deu para entender alguma coisa?

A genial colunista do Financial Times, Lucy Kellaway, dedicada especialmente a escrever sobre temas de gestão no trabalho.

A genial colunista do Financial Times, Lucy
Kellaway, dedicada especialmente a escrever sobre temas de gestão no trabalho.

Mas foi para Tim Cook (CEO da Apple), escolhido pelo Financial Times como a pessoa do ano, que Lucy Kellaway atribuiu o seu maior prêmio, ou seja, Executivo Campeão do Obscurecimento, isto é, ECO 2014!!! Na opinião dela, a Apple, até então um exemplo único no mundo de empresa bem-sucedida a usar as palavras de forma elegante, sucumbiu ao besteirol. Na cidade de Cupertino (EUA), Tim Cook, numa apresentação pública, subiu ao palco para declarar: “No fim do dia… este é um dia muito fundamental para a Apple”.

Comentou Lucy Kellaway: “Pois é, ele conseguiu combinar duas frases vazias e conflitantes. Mais desconcertante foi o que ele disse quando vazaram todas aquelas fotos de celebridades nuas por sua iCloud: ‘Quando vejo este cenário terrível com mais distanciamento (…) penso sobre a questão da conscientização. Acho que temos a responsabilidade de ampliá-la. Isso não é realmente algo de engenharia.’ Talvez até não seja, mas ele levou o ECO2014 com todos os méritos.”

Uma das piores coisas para se comunicar são as mensagens de demissões, e, em 2014, o prêmio vai para o CEO da Microsoft, Stephen Elop, pelo início menos apropriado de e-mails, nos quais ele mandou uma mensagem de 1.200 palavras em que cortou milhares de empregos, iniciando-os com um “Olá!?!?”

Finalmente salientou Lucy Kellaway: “Ao escolher minha frase Abobrinha de Ouro do ano, levei em conta a demencial: ‘Isso ressoa no seu radar?’, mas vi que era peixe pequeno comparada à terrível nova construção verbal ‘Agindo em frente’, que ouvi um executivo geralmente sensato balbuciar.

‘Agindo em frente’, com sua deslumbrante combinação de dois jargões irritantes, ressoou em meu radar de forma tão gritante que temo tê-lo quebrado!!!”

Fantástica essa Lucy Kellaway. Se puder, não deixe de ler seus artigos no jornal Valor Econômico.

Conteúdo produzido pela redação da revista Criática.

Publicado recentemente

»

Tendências da moda indicadas com o auxílio da inteligência artificial

No famoso filme O Diabo Veste Prada, a personagem Miranda Priestly ...

Livros - Direitos autorais
»

Não contem com o fim do livro!

Não Contem com o Fim do Livro é o titulo de uma obra escrita pelo ...

»

Os e-sports podem um dia ser incluídos nos Jogos Olímpicos?

Temos hoje muitos campeonatos de games, como os de Counter Strike (de ...

»

A Lego tem agora uma “casa de brinquedo”

O parque temático Legoland, que é o carro-chefe do grupo Lego, ...

»

Turistas desejam vivenciar experiências cada vez mais inusitadas

Inicialmente, deve-se destacar que o turismo-indústria representa ...

»

Disney compra Fox para enfrentar a Netflix e a Amazon

No final de 2017, a Walt Disney & Co adquiriu o conglomerado 21st ...

»

Cidades Paulistas Inspiradoras – O Desenvolvimento Estimulado Pela Economia Criativa

A DVS Editora acaba de lançar os livros “Cidades Paulistas ...

»

Dear Basketball – o curta-metragem que deu um Oscar a Kobe Bryant

Kobe Bryant, que recentemente se aposentou, resolveu fazer um filme ...

»

Tudo indica que os filmes humorísticos brasileiros não atraem grandes públicos

Diversas pesquisas indicam que cerca de 85% dos homens adultos adoram ...